Telessaúde-BA é tema de treinamento em Paulo Afonso

E-mail Imprimir PDF

Teleconsultorias já podem ser solicitadas por 70 equipes de Paulo Afonso e municípios próximos. O mesmo ocorre com mais de 100 grupos de Juazeiro e adjacências que participaram do treinamento há duas semanas.

Equipes de Saúde da Família de toda a microrregião de Paulo Afonso participaram, nestas quarta e quinta-feiras (20 e 21), do Ciclo de Treinamentos Microrregionais de Profissionais da Atenção Básica para Uso dos Serviços do TelessaúdeBA. O evento - que contou com o apoio da 10ª Diretoria Regional de Saúde (10ºDires/ Paulo Afonso) e do Núcleo Tecnológico Educacional (NTE/11 – IAT), local onde ocorreram as oficinas - reuniu, em dois dias, cerca de 100 pessoas, entre representantes das equipes de Saúde da Família, de técnicos da Dires e coordenadores da Atenção Básica (AB) dos municípios participantes.

A plataforma do Ministério da Saúde possibilita que médicos, cirurgiões-dentistas, enfermeiros, técnicos e auxiliares de Enfermagem e Saúde Bucal, Agentes Comunitários de Saúde, dentre outros profissionais do campo da AB, façam teleconsultorias. Esse serviço tem como foco esclarecer questões clínicas e relativas à organização do processo de trabalho, visando contribuir no dia a dia de cada profissional. Há dois tipos de teleconsultorias: as síncronas (feitas por vídeo e áudio) e as assíncronas (resposta por texto e envio de material de leitura). Médicos que participam do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab) contam, ainda, com o serviço de 0800 (0800 644 6543 - acessível por telefonia fixa e móvel), executado pelo Núcleo de Telessaúde do Rio Grande do Sul (TelessaúdeRS).

Tatyara Sampaio, que faz parte da equipe de campo do Núcleo Técnico-Científico do TelessaúdeBA (NTC-TSBA) e acompanha a macrorregião Norte, faz um balanço das atividades. “O processo, como um todo, vem sendo bem positivo. Os profissionais que participam dos treinamentos têm mostrado absorver o sentido dos serviços ofertados pelo TelessaúdeBA. Mais do que isso: eles se mostraram empolgados com a qualificação e acreditam que isso pode refletir em seus pacientes”, conta a técnica.

Pedro Varjão, enfermeiro no município de Macururé, já solicitou sua primeira teleconsultoria e afirmou não ter tido problemas com a plataforma do Ministério: “É bem simples, não precisa de muito estudo para conseguir utilizar a plataforma, pois ela é clara e prática. Acredito que até as equipes que têm dificuldades com o uso da internet irão se sair bem na hora de fazer as teleconsultorias”, aposta o profissional.

O NTC-TSBA integra a Fundação Estatal Saúde da Família (Fesf-SUS) e é responsável pela execução dos serviços do TelessaúdeBA, no âmbito dos profissionais da AB em todo o estado. Técnicos de suporte, que compõem a equipe de campo do Núcleo, percorrerão todas as regiões de Saúde da Bahia até o final de outubro, com o objetivo de alcançar a meta inicial estabelecida para o projeto, que é envolver, pelo menos, 70% das mais de 2.700 equipes de Saúde da Família da Bahia para o uso dos serviços. “Para além da meta inicial, nos preparamos a fim de alcançar a totalidade de equipes neste ciclo de treinamentos presenciais, que trata do manuseio da plataforma e, principalmente, de como o projeto pode contribuir para qualificar o trabalho e o cuidado ofertado aos usuários do SUS”, explica o gestor de Serviços do TelessaúdeBA, Tiago Bahia.

O TelessaúdeBA

A iniciativa é resultante da parceria entre a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde (Cosems) e os municípios contemplados com projetos do MS (Juazeiro, Capim Grosso, Vera Cruz, Porto Seguro e Itabuna), Universidade Federal da Bahia (Ufba) e da Fesf - SUS. O objetivo do programa é oferecer teleconsultorias para os profissionais de toda a Atenção Básica do estado, além de Segunda Opinião Formativa (SOF) e Tele-educação. Em médio prazo, será ofertado ainda o serviço de Telediagnóstico em Cardiologia (ECG). Juntas, as iniciativas têm no intuito de ampliar a resolubilidade e fortalecer a Estratégia de Saúde da Família (ESF) em todo o território estadual.

Fonte: Renata Preza|Comunicóloga | Núcleo Técnico-Científico do TelessáudeBA

 

Núcleo Técnico - Científico - TSBA (71) 3417-3504/3541 e DAB/ SAIS/SESAB (71) 3115 - 9650

Email: telessaude.ba@saude.ba.gov.br
Site: http://telessaudebahia.saude.ba.gov.br

Telessaúde / BA - @ 2013 Todos os direitos reservados